Brasil fora da Copa Libertadores? Possível plano da Conmebol para substituir times brasileiros em 2024

brasil fora da copa libertadores

É quase impensável ver o Brasil fora da Copa Libertadores, mas nos países da América do Sul há grande expectativa e já se fala sobre o que aconteceria se a punição da FIFA fosse confirmada

Afirma-se que a Conmebol tem um plano para a Copa Libertadores 2024, caso a FIFA venha a suspender a CBF de todas as competições. Acompanhe!

As notícias esportivas do final de 2023, deixou no ar a incerteza sobre o que poderia ocorrer, em caso de punição à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por conta da intervenção da Justiça Comum no comando da entidade.

E assim como especulou-se, sobre uma possível exclusão da Seleção Brasileira das Eliminatórias, também há a expectativa sobre como uma punição da FIFA afetaria a organização da Libertadores e da Copa Sul-Americana 2024.

Porque a FIFA pode punir a CBF

Para aqueles que não estão familiarizados com o caso, é preciso lembrar aquilo que o regulamento geral da FIFA – órgão regulador do futebol Mundial -, indica sobre a intervenção de Governos e Justiça comum nas entidades afiliadas:

“As associações membros da FIFA devem gerir seus assuntos de forma independente e sem influências indevidas de qualquer tipo de terceiros”.

Por conta disso, a nomeação de um interventor pela Justiça brasileira, para ocupar a presidência da entidade pode levar à desfiliação da CBF, tanto da CONMEBOL quanto da FIFA, assim como à exclusão dos clubes e seleções de todas as competições.

Depois que o Tribunal de Justiça Rio de Janeiro destituiu Ednaldo Rodrigues da presidência, José Perdiz – até então presidente do STJD -, foi nomeado interventor pelo TJ.

Além disso, José Perdiz obteve na Justiça, liminar para nomear novos diretores aos cargos de diretoria, para segundo ele, viabilizar a Gestão da entidade.

O plano é realizar novas eleições, mas isso tudo vai contra os estatutos da FIFA, da CONMEBOL e da própria CBF.

Clubes do Brasil fora da Copa Libertadores e da Sul Americana

Dirigentes da Conmebol e da FIFA chegam ao Brasil no início da próxima semana, para se inteirar da situação política da Confederação Brasileira de Futebol.

A entidade deve propôr um acordo visando o fim da intervenção judicial e a possível realização de eleições, o que colocaria ponto final nas disputas internas.

Após isso, e caso não haja um acordo, a entidade pode anunciar sansão contra a CBF, o que afetaria todo o eco-sistema do futebol brasileiro, passando pelos clubes, competições, atingindo até as seleções em todas as categorias.

Embora não seja oficial e pareça impossível, o jornal El Tiempo da Colômbia fala sobre a possível reviravolta que isso significaria nas competições de clubes da América do Sul, com a chegada de equipes históricas de outros países para ocupar os lugares dos brasileiros.

Atualmente, na fase preliminar da Copa Libertadores de 2024 estão RB Bragantino e Botafogo, enquanto na fase de grupos estão: Fluminense, São Paulo, Palmeiras, Flamengo, Atlético/MG e Grêmio.

Já as vagas da Copa Sul-Americana foram preenchidas por Athletico Paranaense, Internacional, Fortaleza, Cuiabá, Corinthians e Cruzeiro, na fase de grupos.

Especula-se nos países da América do Sul, que se na próxima semana a FIFA anunciar uma punição a CBF, os principais clubes dos outros 9 países da Conmebol que estão nas fases preliminar da Libertadores e da Sul-Americana subiriam para ocupar as vagas dos times do Brasil fora da Copa Libertadores.

Assim, segundo o El Tiempo, o Atlético Nacional passaria da fase preliminar da Libertadores, enquanto o América de Cali e o Independiente Medellín subiriam da Sul-Americana.

O mesmo aconteceria com os representantes de outros países, como é o caso do Boca Juniors da Argentina, que está na Sul-Americana e poderia terminar lutando pela Libertadores.

brasil fora da copa libertadores

Clubes colombianos que se beneficiariam com a punição ao Brasil pela FIFA

Com base nessas especulações, a Colômbia terminaria com 3 ou 4 clubes na fase de grupos da Copa Libertadores de 2024, sabendo que atualmente tem apenas 2: Millonarios e Junior de Barranquilla.

Nesse caso, Atlético Nacional e Águilas Doradas passariam da fase preliminar para a principal e na rodada preliminar chegariam o América de Cali e o Medellín, atualmente na Copa Sul-Americana.

O último precedente desse tipo, em que a Fifa puniu uma federação membro por intervenção do governo e da justiça, foi contra a Federação Malinesa de Futebol, mas é claro que o peso dos pentacampeões do mundo pode influenciar e dar lugar a outra solução.

Brasil fora da Copa Libertadores

Autor

Abrir WhatsApp
💬 Posso Ajudar?
Olá!
Posso te ajudar?