CONMEBOL TV

Athletico Bi-Campeão Sul-Americano!

O Athletico Paranaense sagrou-se bi-campeão da Copa CONMEBOL Sul-Americana 2021.

Com um gol de Nikão, de voleio, o “Furacão” venceu o Red Bull Bragantino por 1 a 0.

A final foi disputada na tarde deste sábado(21/11), no estádio Centenário, em Montevidéu.

O gol saiu ainda no primeiro-tempo.

Após rebote do goleiro Cleyton, Nikão pegou de primeira num voleio dentro da área, fazendo o
gol da vitória aos 29 minutos.

Essa é a primeira vez que um mesmo clube ganha duas vezes a competição.

Em 2018, o “Furacão” venceu o Júnior de Barranquilla, nos pênaltis, na decisão disputada em Curitiba.

Athletico Pr 1 x 0 Bragantino

Athletico vence e fica com o Bi Sul-Americano

Os números finais da partida, mostraram uma melhor performance do Bragantino, com a bola rolando.

O Athletico, no entanto, foi mais eficiente criando oportunidades e finalizando mais vezes ao gol.

Resultado disso, foram as chances desperdiçadas no segundo-tempo.

O time paulista ainda resistiu, mas não foi o suficiente para tirar o título da equipe comandada por Alberto Valentim.

athletico paranaense campeão
Athletico Campeão

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 1 X 0 RED BULL BRAGANTINO

Local: Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai
Data: 20 de novembro de 2021, sábado
Hora: 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Matonte (URU)
Assistentes: Martin Soppi (URU) e Carlos Barreiro (URU)
VAR: Leodan González (URU)
Cartões amarelos: Léo Cittadini, Abner e Erick (Athletico-PR); Fabrício Bruno e Aderlan (Red Bull Bragantino)

GOL: Athletico-PR: Nikão (aos 29 do 1º tempo)

ATHLETICO-PR: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nico Hernández (Zé Ivaldo); Marcinho, Erick (Fernando Canesin), Léo Cittadini (Nicolas) e Abner; Nikão, Renato Kayzer (Pedro Rocha) e David Terans (Christian)
Técnico: Alberto Valentim

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar (Luan Cândido); Praxedes (Alerrandro), Jadsom e Cuello (Gabriel Novaes); Artur (Leandrinho), Ytalo (Jan Hurtado) e Helinho
Técnico: Maurício Barbieri

Após a partida, os jogadores do Athletico comemoraram o título Bi-Campeão e puderam levantar a taça da Conmebol Sul-Americana pela segunda vez.